11 5051-4084 | comercial@profashional.com

Script

Sandra Teschner

ZEITGEIST: ser quem você é!!

Parece simples. Tempo fácil de viver! Está na moda ser você, com todas as disrupturas que a ideia permite. Você não se encaixa nos padrões até então vigentes? Então está liberado! E se você se encaixa, está na hora de descer do salto, se mostrar de cara lavada e o mais “humana” possível. A deusa acessível está em voga.

A Vogue Itália atual traz uma Gisele “num dia de domingo”, “sem make, hair” (o que quer que isto signifique no caso dela), mais um atestado do Zeitgeist que vivemos. Há um gosto especial por se mostrar gente, daquelas que têm cara de ser nossas vizinhas. Celebra-se a celulite de Anitta, descobre-se o poder de mercado dos consumidores Plus Size, raças, estilos múltiplos, gêneros e a falta deles fazem parte do nosso dia a dia, e se não fazem da sua, take care! Você não está vivendo a contemporaneidade com suas expressões. Vivemos num caldeirão de mudanças cada vez mais velozes; e seu job nisso tudo é descobrir quem você é e abrir sua mente para o que não conhece, nunca prestou atenção ou simplesmente desconhecia, inclusive dentro do código de alarme beauty, chic, fashion. Explico-me, você nem sabia que podia achar uma mulher gorda bonita, pois ela já não preenche o requisito primordial daquela antiga elegância. Dicas de como ser chic, outrora festejado em livros como da Gloria Kalil, “disfarçando quilinhos extras”, ou priorizando tecidos que não mostrem seu peso real, ou que alongue, isso ou aquilo perderam o status de bacana e viraram quiçá preconceituosos.

O ponto hoje seria: se quer aparentar mais magra, emagreça. Se quer dicas de elegância, as regras terão de ser repensadas, enquanto isto, fica a minha dica para você: vista-se de você, encare-se no espelho, se goste. Uma autoestima elevada é a base da autoconfiança e é ela quem define se você é bonito ou feio, feliz ou infeliz.

A edição atual da revista Profashional tem tudo o que a faz única e diferente desde o primeiro dia de vida (e, em breve, debutaremos! Hora do emoji com olhinhos esbugalhados): gordos, amputados, portadores de síndromes, negros, sem gênero, raça, cor. Isso responde ao nosso desejo do novo belo de cada dia, casa com o bem, o original, o autoral. Aqui, tudo isso está presente, e espero, cheia de amor, que assim continue. Só a mudança é perene nessa estrada, e como só acreditamos no pódio dos caminhos, já chegamos lá.

Boa leitura, e não se esqueçam de me dar feedback da edição atual!