revista profashional
Capa - Edição 88+89 - Talytha Pugliese- por Marisa Abel

Um brilho a mais na Cidade Luz e no mundo

Talytha Pugliesi, a top de 28 anos que já é uma veterana das passarelas, ilustra nossa capa com uma beleza forte e chamativa. Em entrevista exclusiva para nossa redação a modelo, que atualmente mora em Paris, mostra que é possível alcançar o sucesso quando se tem determinação.

 

Sensibilidade, simpatia, cooperação, diplomacia e receptividade, estas algumas características atribuídas como significado do nome Talytha, mas quando falamos da top brasileira Talytha Pugliesi, podemos dizer que ela representa muito bem o nome que tem e ainda contém muitos outros atributos.
Embora seu início de carreira seja bem parecido com as histórias de muitas modelos que fazem parte do casting internacional de beldades brasileiras “tipo exportação”, sua trajetória profissional tem muito do poder pessoal, de se dedicar aquilo que realmente deseja e finalmente conquistar. No melhor estilo querer é poder.
Natural de Valinhos, no interior de São Paulo, foi descoberta durante um concurso de dança em um Shopping da capital paulista, daí não demorou muito para surgirem os convites para ingressar no universo fashion. Como toda mulher determinada, que sabe o que quer, a modelo trabalhou muito, viajou por diversos países do mundo para mostrar o que a moda tem de melhor. Japão, Paris e Milão foram só o começo de caminho de muitas viagens e sucesso.

Representou muito bem marcas como Fendi, Elie Saab, Armani Privé, Christian Dior, Chanel, Yohji Yamamoto, Giorgio Armani, Yves Saint Laurent, John Galliano, D&G, Calvin Klein, Lanvin, Gucci, Chloé e muitas outras além de ser clicada por grandes nomes da fotografia de moda e participar de vários editoriais de revistas internacionais.

 

E como não poderia deixar de ser, os principais circuitos mundiais de moda já puderam ter seus passos firmes seguindo com toda a sua potência por toda a extensão da passarela.
Sobre sua vida como modelo ela garante que é ótima. “Não tenho rotina, estou sempre viajando, trabalhando com pessoas interessantes e de diferentes culturas. Quando tenho dias livres, aproveito para malhar, ver os amigos, ir ao cinema”, conta a modelo.
Atualmente a Top assinou contrato de exclusividade com a AMZ Models, clareou as madeixas para platinado e foi destaque na mais recente edição de inverno do Fashion Rio e SPFW. Talytha é hoje uma das modelos brasileiras mais importantes no cenário da moda internacional.
Casada com o designer sérvio Michko Zivanovic e radicada em Paris há quase onze anos, a top é, com certeza, um brilho a mais na Cidade Luz e no mundo da moda. Confira o bate-papo que tivemos com ela.

Profashional: As emoções afloraram em algum desfile em especial, devido à trilha sonora?
Talytha Pugliesi: Sem duvida a trilha sonora do desfile faz bastante diferença, eu amo música e sempre tento acompanhar quando estou desfilando. Quando a trilha me agrada, é bem mais emocionante, fico mais animada!
P.: Descreva seu look favorito para o dia e para a noite: (fazer uma montagem)
T. P.: O meu look favorito de dia é calça skinny preta, camiseta branca e sapatilha. Se for no verão, eu diria um vestido com sapatilha ou sandália rasteira. À noite gosto de vestido, dependendo da ocasião, com salto.

P.: Fale sobre a experiência de fazer parte do filme sobre a Chanel.
T. P.: Adorei a minha participação no filme da Chanel. Foi bem fácil, só tinha que desfilar, eu era uma das modelos no filme. Só achei um pouco cansativo porque foram muitas horas de filmagem.

P.: Muitas modelos fazem pontas em filmes ou mesmo protagonizam, como foi o caso da Gisele em Taxi. Você pensa em fazer carreira no cinema? O que você acha deste tipo de participação?
T. P.: Nunca pensei em ser atriz. Pode ser que isso mude um dia, mas por enquanto não tenho isso em mente. Acho que pequenas participações são legais, ótimas experiências.

P.: Hoje a moda é eclética e variada, como você vê esse leque de possibilidades?
T. P.: Eu acho muito importante a moda ser eclética, assim abrange e pode agradar todos os tipos de pessoas.

P.: As estampas de pele de animais estão sempre na moda e de tempos em tempos se renovam com força total. Que tipo de estampa combina contigo?
T. P.: Eu gosto da estampa de onça. Mas depende de como ela é impressa pode ficar bem cafona... Tenho um vestido bem simples, que parece uma camiseta, é de algodão e a estampa de onça é em preto e branco, assim eu acho lindo!

P.: Como é sua rotina hoje?
T. P.: Nos dias em que não trabalho procuro ir a academia todos os dias e depois costumo fazer coisas que eu gosto, ou resolvo pendências... 

P.: Vaidade faz parte do mundo da moda, como você lida com ela?
T. P.: Eu acho que não tem problema as pessoas serem vaidosas contanto que não seja exagerada. No meio da moda além da vaidade o mais difícil de lidar são os egos... Mas faz parte e a gente acaba acostumando.

P.: Do básico ao estiloso, bastam alguns acessórios e toques especiais para transformar um look e deixar aquela simples calça jeans e regata branca super descolados. Neste caso, quais são os seus toques especiais?
T. P.: Nesse caso eu diria um sapato legal e uma jaqueta, ou um blazer.

P.: Caras e bocas, é preciso incorporar o personagem para que a fotografia fique com a essência da proposta. Como você se prepara antes de uma sessão?
T. P.: Eu procuro saber o que o fotografo e o stylist têm em mente e tento fazer o melhor pra entrar na historia e encarnar a mulher que eles querem.

P.: O que você usaria, mesmo que não estivesse mais em voga na moda, ou que não fizesse parte da estação, mas que tem tudo a ver com sua personalidade?
T. P.: Eu acho que nunca mais vou deixar de usar calça skinny... De preferência, preta!

P.: Muitas modelos tem de fazer dietas malucas para manter a forma. O que você acha deste tipo de comportamento e como você trabalha o visual?
T. P.: Eu não acredito em dietas malucas... Acho que uma alimentação regulada é, sem dúvida, muito importante, não adianta deixar de comer. Eu procuro comer corretamente e malhar sempre que posso. 

P.: Suas dicas de beleza para as leitoras da Profashional.
T. P.: As minhas dicas de beleza são sempre as mesmas. Limpar sempre a pele super bem com um sabonete que seja indicado para o seu tipo de pele. Usar um tônico e depois hidratar bastante. Tanto a pele do rosto, quanto a do corpo, e também, hidratar os fios do cabelo. Acho que hidratação é uma das coisas mais importantes que podemos fazer para cuidar da pele e do cabelo. Outra coisa, é beber muita água.

P.: Lava, seca, estica e enrola, com tantas ações aplicadas ao cabelo, como mantê-lo saudável?
T. P.: É muito difícil manter os cabelos saudáveis quando se é modelo. Como já disse na resposta anterior, procuro hidratá-los bastante mesmo, faço muita máscara, passo óleo e uso shampoo para cabelo seco.

P.: Nos momentos de lazer, quais são suas atividades?
Nos momentos de lazer, eu procuro encontrar com os meus amigos, passear pelas ruas de Paris, ver as vitrines, ir ao cinema. Mas também amo ficar em casa sem fazer nada. 

P.: Existe receita pra ser feliz? Você é feliz?
T. P.: Eu sou muito feliz, sempre procuro ser e estar feliz. Claro que não me sinto assim todos os dias, mas me esforço para me sentir assim.  Acho que a felicidade só depende de nós mesmos, tem que estar dentro de nós.

P.: De uma passarela a outra e com tanto envolvimento no mercado da moda, o que vem por ai com força total, na sua opinião?
T. P.: Acho que o que vem com bastante força é o militarismo.

P.: Se você assinasse uma coleção, quais elementos se sobressairiam?
T. P.: Se eu assinasse uma coleção eu procuraria fazer somente peças que eu gosto e que iria usar. Teriam muitos vestidos, sem dúvidas, e a minha grande preocupação seria o corte e os tecidos que eu usaria.

P.: Como você está no relacionamento amoroso coma a agenda tão cheia de atividades? Vocês conversam em qual idioma.
T. P.: O meu marido e eu nos falamos em inglês e francês. Quando nós nos conhecemos eu já era modelo e já viajava muito, então ele já está acostumado com alguns períodos em que temos que estar longe um do outro. Mas graças a Deus me casei com um homem maduro que entende muito bem e respeita muito o meu trabalho.

P.: Fale sobre desfilar para grandes nomes da moda e como é ser uma modelo que conquistou seu espaço.
T. P.: Sou muito feliz por tudo que já fiz nesses anos trabalhando como modelo. Nem sempre foi fácil, mas quando olho pra trás, sinto muito orgulho porque sei quanta sorte eu tive de ter trabalhado com os melhores

Curtas e rápidas
Planos para o futuro?
Tenho o plano de voltar a morar no Brasil. Tenho sentido muita falta da minha família e das minhas raízes. Espero que eu possa realizar esse desejo logo...
Se eu não fosse modelo... Gostaria de ser cantora.
Romântica, despojada, clássica, retro, moderna ou futurista, qual seu estilo? O meu estilo, eu diria que é clássico. As minhas cores preferidas são cinza, preto, marinho e branco. 
Um dia perfeito tem de ter? Um dia perfeito tem que ter os meus irmãos e o meu marido.
Qual é o lugar que você chega e sente: Lar, doce lar? O meu lar doce lar é o meu apartamento em Paris.
Ser Profashional é: Gostar de que faz e tudo fazer com amor.

 

 

 

 













© Copyright 2004 - 2008 :::: Todos os direitos reservados